Ando muito desiludido com algumas questões ultimamente. Não posso esperar ou fingir ser o último a saber pra assim poder ser o último a fazer. Vejo pessoas se sujeitando a perder duas horas diárias de suas vidas para um dia ganharem a recompensa. Carreiras promissoras parecem ser opor a vidas promissoras . Cooperação e competição agora se confundem (viraram sinônimos). O dinheiro sendo colocado a frente de quaisquer valores básicos transformando ambição em obsessão. Vôos que partem e chegam no horário são comemorados com satisfação (mais uma exceção que um dia já foi regra). Honestidade, boa índole e caráter hoje são virtudes quando nunca deveriam ter deixado de ser premissa (mais uma regra que um dia se tornou exceção). Quando foi que tudo se inverteu? Responder essa pergunta é o primeiro passo pra que tudo seja revertido?
Portanto, e por tantos maus motivos, o mais coerente é terminar com:
Entretanto, e entre tantas outras saídas, cultive uma visão ecológica onde você é parte além de tudo, e faça a sua parte. Parte da minha foi ter escrito esse texto.

4 comentários:

Rodrigo disse...

Brilhante.

Se me permite encher seu saco com mais uma sugestão, procure pela música "All I Can Do Is Write About It", do Lynyrd Skynyrd.
Segue um trecho do motivo:

"Lord I can't make any changes
All I can do is write 'em in a song"

Apesar que eu "prefiro ouvir" "Lord I can't make MANY changes"...

Abração!

Rodrigo disse...

Mais um comentário... rs

Tô achando mto massa esses títulos dos posts! hehe

Abraços!

eupatriciamesmo disse...

A minha parte feita por este comentário.

O triste é tentar responder às perguntas e perceber a falta de esperança nas prováveis respostas.

beijo pra vc.

.raphael. disse...

O Léo! Com diz o Nando Reis: "o mundo está ao contrário e ninguém reparou". Pois é, justamente isso! Mas eu já perdi as esperanças dos outros quererem fazer a parte de cada um. Eu faço a minha, ou acho que faço do jeito que entendo.
hehehee