... Não ter hora pra dormir e nem ter que se preocupar com o dia seguinte era um sinal de que aquele beijo e aquele momento durariam para sempre.

Depois de duas semanas na cidade luz, Cláudio e Carol já se sentiam bem mais avontade e muito ansiosos para satisfazerem todas as suas vontades na cidade. Enquanto Cláudio trabalhava, Carol costumava caminhar pelas ruas que cercavam o prédio de Ana. Ela sempre buscou ter uma certa independência e independente de qualquer coisa tentava aproveitar ao máximo cada momento. Porém, todo aquele tempo que ela passava sozinha e que eram para ser únicos, se multiplicavam, perdendo assim todo o seu valor. Para passar um pouco mais de tempo com Carol, Cláudio conseguiu negociar sua entrada mais cedo no estágio, fazendo assim com que seu tempo longe dela passasse um pouco mais rápido. A partir da segunda seguinte ele começaria a trabalhar no período da manhã e não mais a tarde como antes.
O fim de semana finalmente havia chegado e com ele a possibilidade dos dois continuarem o turismo pela cidade. Desta vez o local escolhido foi a torre Eiffel, a mesma que Ana já havia visitado diversas vezes (esse foi o motivo alegado por Luís para não participar do passeio). Ela via a torre com os mesmos olhos de sempre, porém os olhares fascinados de Cláudio e Carol a fizeram enxergar desta vez, tudo de uma forma um pouco diferente.
-- Podemos subir de escada ou elevador. O que vocês acham? – perguntou Ana
-- Eu vou de escada – afirmou Cláudio
-- Eu não. Prefiro o elevador.
-- Então eu vou subir de escada com Cláudio e nos encontramos lá em cima.
-- Tudo bem!
Aquela decisão não parecia premeditada, porém nestas primeiras duas semanas Cláudio reparou que por mais de uma vez Ana destinou alguns olhares a ele. Ela parecia receosa com a situação, por outro lado ele se mostrava muito ansioso e por isso a conversa acabou passando tão rápido quanto seus passos acelerados. Aquela paisagem inspirava o casal, fazendo-os perceber que o fato de tudo ao redor conspirar a favor os deixava cada dia ainda mais envolvidos.

Download da estória até esse ponto

6 comentários:

Robertinho disse...

To achando que o Carlos vai pedir a Carol em casamento, hein?

Vai Léo, cria um clima ae!
Abs!

Robertinho disse...

Carlos não, Cláudio! Hahaha!!!

Ricardo Guedes disse...

Ah, nao sei nao viu.. agora complicou td.. esse negocio de troca de olhares em estorias.. nunca sao a toa.. meu voto ainda vai para formacao de novos casais: Ana-Claudio e Carol-Luis.
Quero ver a hora q o luis perceber esse olhar da Ana para o Claudio.. depois de ter pedido-a em casamento..

Abraco

.raphael. disse...

ooo Léo!
Pô, vc devia ter colocado a conversa dos dois na escada! haahahha

mas ta bom... vai em frente! To gostando mais ainda da estória!

:)

Abraço!

Kiara Guedes disse...

Olá Leo!... Fico aqui na expectativa, não darei palpite algum...rs. Voltarei mais vezes, assim não perco nada. Abraços

Batom Cor de Rosa disse...

humm, romances no ar! =)