... Aquela paisagem inspirava o casal, fazendo-os perceber que o fato de tudo ao redor conspirar a favor os deixava cada dia ainda mais envolvidos.

Ana já não pensava mais com frequência no pedido de Luís. O que não saia da sua cabeça e frequentemente lhe incomodava era ver Cláudio e Carol se dando tão bem. A admiração inicial se transformou em inveja e a medida que a relação dos dois tornava-se transparente para ela ia-se transparecendo para eles sua verdadeira personalidade. Ana tentava ser sutíl. Enquanto seus olhares eram diretos e discretos ao mesmo tempo, suas palavras eram sempre indiretas e muitas vezes indiscretas na maior parte do tempo. O fato dela não gostar mais de Luís poderia ser um dos fatores que a motivava a investir em Cláudio. Outra hipótese era o ciúme que ela sentia dos dois. Porém, dentre as duas possibilidades, o verdadeiro motivo parecia estar entre uma e outra. Nunca foi segredo pra ninguém que ela sempre foi uma pessoa muito misteriosa e que a única maneira de preservar uma relação com ela era saber lidar com isso. Luís tentou mas não conseguiu. De qualquer forma eles ainda continuavam juntos, mesmo que do jeito mais informal possível.
A partir daqueles dias ela passou a ser o centro das atenções. Luís ainda mantinha alguma esperança e esperava receber algo como uma decisão final dela. Para Cláudio não havia muitos problemas e ele ainda a via como uma pessoa que lhe ajudou muito em Paris. Já Carol andava um pouco desconfiada e temia ter confiado tantas coisas a Ana.

Download da estória até esse ponto

9 comentários:

Ricardo Guedes disse...

eh.. depois fala q existe amizade entre amigas.. nossa, como essa Ana eh fdp meu.. como pode.. assediar o namorado da "amiga" na cara dela.. e ainda fazer oq faz com o luis... acaba logo com o kra, e vai embora pro Brasil.. respeite sua amiga, que esta feliz com o Claudio..
Ja to sentindo o cheiro de confusao nessa historia.. uhahuauh

abraço!!

Robertinho disse...

É, mulher é tudo igual mesmo...

To brincando, to brincando! Mas conheço gente assim... "bafafenta" e tal... sempre procurando sarna pra se coçar... Ahhhh, haja paciência!

"O fato dela não gostar mais de Luís"... essa frase me derrubou! Que insensível!

Tudo bem que rotina cansa, mas ter mudanças radicais a cada 2 anos... bom, cada um, cada um!

Léo, essa novela tá um boi! Seus fiéis leitores estão com você até o fim!

Abs!!!!

Batom Cor de Rosa disse...

ahhh, tá boa a históriaa, continue! =)

Si disse...

Bem... Acabo de ler toda a história. Ainda estou mergulhada na dor de Cláudio, no egoísmo de Carol, no consenso dos dois, na entrada da imprevisível Ana e do bobo do Luís. Tudo isso tendo como pano de fundo as duas cidades mais lindas do mundo: Rio e Paris.
Aguardo ansiosa os próximos capítulos.

Si disse...

Vou te linkar no meu blog, tá?
Beijos.

Si disse...

Posso colocar o "Saudade pre/re sentida" no meu blog também? hehehe
Sou eu em cada palavra.

Si disse...

Você é rápido, hein? Só agora percebi que seus comentários foram simultâneos.
Já coloquei.
Beijos.

.raphael. disse...

é Léo!
as coisas coplicam as vezes!

Depois nos falamos que mulher é um caso sério, elas não acreditam!..

Abraço

Heliarly disse...

Não li os textos, passei o olho em uns três, o que acha de pôr imagens entre as ponstagens?

Enche mais os nossos olhos e da mais vontade de ficar lendo... tem um link aqui... http://profile.imeem.com/02xd9ri/photos/ seria mais pra mulheres mas tem algumas fotos muito boas!


Se fui inxirido pode falar... Tudo de bom pra vc!