-- Agora para e pensa.

-- Sim.

-- Só eu sei calcular exatamente a hora que você vai começar a ter sono.

-- Sim.

-- Só eu sempre vou me dispor a levantar e encontrar um cardápio pra depois passar 5 minutos te olhando e fingindo que seu suco não vai ser de morango.

-- Sim.

-- Só eu poderia passar horas aqui citando mil coisas românticas e me contentando apenas com um “Sim” como resposta.

-- Sim.

-- Só eu aceito viver essas nossas histórias de amor, sem amor.

-- Sim.

-- E continuo não dando a mínima pro fato da gente não ser apaixonado um pelo outro.

-- Sim.

-- Enfim, só eu posso ser o homem da sua vida.

-- Não sei.

-- Tá, eu admito, só eu posso ser o homem e a mulher da sua vida ao mesmo tempo.

-- Hmmm, interessante.

-- Promíscua.

Sexo tem que ser com amor, pois depois que o sexo acaba, o que sobra é o amor. E se não existe amor, aquilo tudo se torna um vazio muito grande. Duas pessoas deitadas lado a lado sem nada em comum entre elas. Sem nada que as conecte. Agora, se mesmo assim você ainda quiser transar comigo, tudo bem, vamos em frente. Só não vai ficar esperando que eu te ligue no dia seguinte.

A gente acabou subindo pro terraço do prédio, ela ainda um pouco bêbada e eu sob o efeito de tudo que tinha passado. Sentamos no parapeito e passamos uns 10 minutos sem dizer nada. Aquele vento nos impedia de abrir bem os olhos e eles acabavam sempre voltando-se para baixo, onde os carros se enfileiravam.

-- Você quer realmente tentar descobrir o que aconteceu semana passada? – ela disse   

-- Na verdade não. Só quero tentar descobrir como você pôde me trair?

-- Não tenho mais tanta certeza sobre a gente. Não sei se é isso que eu realmente quero pra mim.

- Percebi isso há um tempo. As vezes tinha a impressão que você só me beijava da boca pra fora. Você sempre foi assim, nunca se dedicou completamente, nunca esteve disposta a viver isso incondicionalmente. Porque você não pula?

-- Eu já pulei. O problema é que as vezes não consigo distinguir se eu to voando ou se eu to caindo.

-- Tá. Então continuamos ou paramos por aqui?

-- Paramos. E continuamos por aqui.

FIM