Volta, porque o caminho que agora você segue é o mesmo que eu estou seguindo e que se torna muito mais bonito quando estamos de mãos dadas. Volta, porque sem você eu ainda sou aquele dominado pela insegurança, que não sabe medir a quantidade de água que se deve colocar no arroz e nem o número de vezes que se deve dizer “eu te amo” pra alguém em uma semana. Volta, porque eu preciso do seu equilíbrio, porque eu não aguento mais tentar me equilibrar nessa linha de tempo que se criou depois da nossa separação. Volta, porque quanto mais o tempo passa mais eu sinto sua falta e isso tem gerado uma lacuna enorme entre a gente, um abismo que eu temo um dia se tornar maior do que o nosso amor. Por favor, volta, pelo amor de Deus, pelo nome de Deus que eu levo em vão, por todas as coisas erradas que eu fiz e me arrependi, pela lágrima que eu não deixei cair quando terminei com você e que agora cai em contradição a aquele momento. Volta, porque foi por você que eu mudei meu número pra ficar mais fácil nos falarmos e foi também por você que eu parei de falar tanto e comecei a ouvir. Com você eu não precisava mais das luzes do palco voltadas só pra mim. E agora, ironicamente no escuro, tento em vão te escrever sobre uma vida que já está toda resumida naquela página que você virou. Então volta, volta essa página, porque eu preciso continuar de onde parei.

3 comentários:

Viviane Maia disse...

Noossa que deemais.. esse teexto ta mtoo liindo ;
Parabéns!!

Carinne Barbosa disse...

Muito lindo! =D

Cristine disse...

Imaginei isso pela voz de um ator, num monólogo, no palco. Muito bonito!