Primeiro você me fez gostar de você. Naquela época eu pensava em todas as coisas do mundo menos em me apaixonar por alguém. Depois você me fez mulher. Aliás depois de muito tempo você me fez mulher. Não imaginava que alguém iria respeitar tanto o meu tempo quanto você respeitou. Mais alguns anos e você me fez acreditar que ainda valia a pena se casar. Me fez ver que eu poderia me sentir linda mesmo acordando com a cara amassada domingo de manhã. A partir dali resolvi começar a colocar em uma pequena caixa todas as coisas que você fazia por mim para algum dia de alguma forma tentar retribuir tudo isso. A vida foi seguindo e você me fez parar de fumar e começar a correr 2 km por semana, me fez sempre tirar uma hora pra almoçar, me fez sorrir nas horas mais difíceis, chorar de alegria, me fez continuar até conseguir, parar quando não valia mais a pena insistir, me fez dormir melhor, acordar melhor, comer melhor. Você me fez aprender com os seus erros, me arrepender dos meus, me fez acertar. E foram incontáveis as vezes que você me fez acertar! Ah, você sempre me fez muito feliz!

Hoje, depois de todos esses anos guardando nesta pequena caixa cada pedacinho de tudo o que você fez por mim, chegou a hora de retribuir. E foi juntando tudo o que você me fez que eu fiz esse bilhete pra te dizer:

-- Parabéns, você vai ser papai!

5 comentários:

Giovanna disse...

uau!
ah, o amor é lindo =)
parabéns, estou seguindo...
e obrigada pelos comentários no meu blog!


beijos!

Lu disse...

Especialmente lindo, Léo!

Carinne Barbosa disse...

Escreve como se fosse o outro! Interessante =]

Tanize Monnerat disse...

Chorei (de leve) até... ;)

Lindo seu post.

Cristine disse...

Que lindo, e surpreendente final! rs :o) A voz feminina fez muito sentido para mim.