... A rotina dos últimos acontecimentos ia de encontro a sua constante idéia de mudanças. Continuar com Luís era como esperar ansiosamente por tudo que ela já havia passado.

Luís atravessava a melhor fase de sua vida. Seu intuito era seguir nesse bom momento e ao mesmo tempo conseguir para e repensar no quanto foi difícil chegar até ali. Ele estava vivendo as consequências de uma sequência de acontecimentos que marcaram seus 5 anos em Paris. O fato de deixar o Brasil não o deixava mais triste naquele momento. Finalmente ele conseguira equilibrar seus lados profissional e pessoal. Sua estabilidade no emprego estava diretamente relacionada a esta habilidade de conciliar esses dois lados. Na fase em que conheceu Ana, sua vida ainda tomava rumos desconhecidos. Curiosamente, todas aquelas incertezas, angustias e mudanças eram justamente o que mantinham a relação para ela. Para ele, era insustentável viver diante de todas aquelas indefinições. Sem que ele soubesse, tudo que ele via como perfeito para si, não tinha nada a ver com o que Ana havia feito até agora. Ela sempre buscou o novo, o desconhecido, o que lhe surpreendesse. Enquanto ele procurava preservar o velho e conhecido costume de se acomodar e não querer se incomodar com as surpresas. Claro que para preservar 2 anos de relacionamento, eles tinham muitas idéias em comum, mas não tinham noção do quanto seus ideais eram diferentes. O fato dele atingir seus objetivos atingia diretamente os objetivos de Ana. De uma forma subjetiva a relação se sustentou para ela até esse momento. Enquanto ele via esta fase como uma exclamação para tudo que passou; para ela, chegar a esse ponto originou um ponto de interrogação no namoro.

3 comentários:

Ricardo Guedes disse...

a estoria ta mto boa hein Leo...
mudou de rumo, mas o suspense continua.. sera q o luis e a ana vao ter os mesmos problemas enfrentados por claudio e carol? dar um tempo, voltar, viajar? ou eles, mesmo com as diferencas, vao conseguir passar pelos problemas juntos?

abraco

.raphael. disse...

xii!... To prevendo mais conflitos nessa estória! Agora, quero saber até quando vai o suspense!? Cadê a Carol e o Cláudio?!

Bora Léo... continue ae!!

abraço!

Batom Cor de Rosa disse...

estabilidade no lado pessoal e profissional é uma dádiva... mas as duvidas sempre irao existir ;)
beijos